ROJO

                                                COLETIVO VERMELHO DE TEATRO


RELEASE

A montagem do espetáculo “Rojo”  parte da idéia de que a compreensão do mundo através da arte acontece não só por meio de uma leitura visual, auditiva ou tátil, mas de sinestesias (SINESTESIA: Palavra derivada do Grego sýn, juntamente + aísthesis, sensação, e significa a relação subjetiva que se estabelece espontaneamente, entre uma percepção e outra que pertence ao domínio de um sentido diferente. Por exemplo, um perfume que evoca uma cor ou um som que invoca uma imagem, provocando comoção e emoção e sobretudo produções de sentidos de quem observa a obra ao ser atravessado por imagens e sensações. 

“Rojo” é resultado de um projeto de PIBIC- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, em andamento, desenvolvido pelo NACE-Núcleo Transdisciplinar de Artes Cênicas e Espetaculares/UFAL (Universidade Federal de Alagoas), com bolsas de Iniciação Científica da PROPEP (Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação), PROEST (Pró-Reitoria Estudantil)  e FAPEAL (Fundação de Amparo a Pesquisa em Alagoas). Para a constituição do espetáculo foi realizada uma investigação das obras de Frida Kahlo e da filmografia completa de Pedro Almodóvar, visando a construção de uma estética constituinte para processos criativos para a cena, fundamentando-se no pensamento de Antonin Artaud e na teoria do teatro pós-dramático de Lehmann.
 


 

Aliceeee!?

Oi ? Arte - Alex Walker (ArtWork)